segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Centro histórico de Salvador é uma festa à noite

Largo do Cruzeiro de São Francisco (Silvianasci/salvadoremumdia)
Ø  Exposição “Galeria a Céu Aberto”
Quando: Até 31 de janeiro
O que: Visitação aberta à exposição de obras de Leonel Mattos fotografadas por Saulo Kainuma
Onde: Largo Terreiro de Jesus
 
Ø  Poesia no Pelô
Quando: 07 de janeiro - 19h 
O que: Clicheria
Onde: Ruas, bares e restaurantes do Pelourinho
 
Ø  Música nas Esquinas
Quando: Sexta-feira, 08/01, das 18h às 19h
O que: Ambiente Brasileiro
Onde: Terreiro de Jesus
 
Quando: Sábado, 09/01, das 19h às 20h30
O que: Bloco De Hoje a Oito
Onde: Ruas do Pelourinho
 
Quando: Domingo, 10/01, das 18h às 19h
O que: Hora do Choro
Onde: Cruz do Pascoal
 
Ø  Concerto nas Igrejas
Quando: Domingo, 10/01, das 11h às 12h
O que: Grupo Transcendental
Onde: Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos
 
Ø  Programação Infantil
Quando: 10/01 – 16h
O que: O Circo de Rua
Onde: Cruzeiro de São Francisco
 
Ø  Personagens Vivos
Quando:
·         Dezembro: Dia 29, às 15:30h.
·         Janeiro: Dia 5, às 10h; 

*programação sujeita a alteração
 
Roteiro do cortejo: Praça Municipal, Cruz Caída, Praça da Sé, Terreiro de Jesus, Cruzeiro de São Francisco, Fundação casa de Jorge Amado.

domingo, 3 de janeiro de 2016

Resumindo os dois primeiros posts de 2016: Ribeira ou Cubana?

www.salvadoremumdia.blogspot.com
Porção de uma bola do sorvete de amendoim da Ribeira

Qual o seu sorvete preferido? Leia e escolha: este ou este?


www.salvadoremumdia.blogspot.com
Cubanito: Bolinho da Cubana com uma bola de sorvete de creme

sábado, 2 de janeiro de 2016

O Lacerda, sua vista e os sorvetes da Cubana...

http://salvadoremumdia.blogspot.com.br/2016/01/o-lacerda-sua-vista-e-os-sorvetes-da.html
O ascensor liga as praças Cairu e Municipal (Fotos: Silvianasci/salvadoremumdia)

Ah, o Elevador Lacerda!!! Quem não reconhece em sua imagem a Cidade do Salvador? Não? Pois devia: ele é o símbolo da capital baiana, sua marca registrada para o mundo. Pois o Lacerda tem algo mais do que suas amplas janelas panorâmicas, de onde se descortina a baía, o bairro do Comércio, a marina, o Forte de São Marcelo, mais adiante Itaparica e lá longe ela, a Igreja do Bonfim.

http://salvadoremumdia.blogspot.com.br/2016/01/o-lacerda-sua-vista-e-os-sorvetes-da.html
As janelas panorâmicas, o Comércio, o Mercado Modelo e o Forte do Mar


Pois então, após subir (ou antes de descer), espie logo na entrada (ou na saída) a tradicional Sorveteria Cubana! Adivinhou: continuamos passeando pelos tradicionais gelados de Salvador. Pare aí e prove um: tá calor, você vai gostar. Esqueça o preço: está de férias (ou, quando nada, passeando por sua cidade).

Prato principal: Bolinho da Cubana com sorvete (reprodução Facebook)

Relembrando... Salvador, cidade quente (pense em um lugar quente? Dobre a intensidade: esta é Salvador) tem uma boa relação com os sorvetes. Temos duas famosas e tradicionais sorveterias - a Cubana e a da Ribeira, uma fábrica tradicional e popular (precinho, gente) - a Picolés Capelinha, além dos populares geladinho e a abafabanca , uma espécie de "avó" dos geladinhos, que no sul são conhecidos como sacolés.

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

Verão pede sorvete e em Salvador sorvete tem tradição

www.salvadoremumdia.blogspot.com
Uma bola de sorvete da Ribeira bem servida 
(Por Silvia Nascimento, jornalista e blogueira de turismo)

Começamos 2016 em Salvador, na Bahia, com um sol de "rachar". Agora à noite, quanto escrevo este post, a temperatura beira os 27° C e a previsão para os próximos dias, de acordo com o Climatempo, prevê oscilações entre os 29° e os 33° C. Então, nada melhor do que abrir as postagens do ano novo com ele, o sorvete. E em Salvador, sorvete tem tradição: Ribeira, Cubana, Capelinha e a histórica (nunca mais vi ninguém vender) abafabanca. Vou explicar cada um.

 www.salvadoremumdia.blogspot.com
Tudo ali em azul é da sorveteria: agora, além da loja principal, há mais dois salões


Fundada em 1931 pelo comerciante Mario Tosto, começou como uma pizzaria, cujo diferencial era o de servir, como cortesia aos clientes, sorvetes feitos ao modo italiano com frutas tradicionais da Bahia, garimpadas por Tosto nas feiras da cidade. Mistura tão boa que acabou fazendo do sorvete artesanal o carro chefe do negócio e cuja receita é mantida na Casa até os dias atuais, embora a sorveteria já esteja no terceiro dono.

www.salvadoremumdia.blogspot.com
Interior da sorveteria que agora tem três confortáveis salões
A partir de 2008, com o terceiro proprietário, passou por reforma e ampliação, mas calma, o sorvete continua com o mesmo sabor e sua receita caseira. São três salões e um espaço com mesinhas do lado de fora, com vista para a enseada da Ribeira, com seus barcos ancorados, um verdadeiro cartão postal.

www.salvadoremumdia.blogspot.com
A vista da enseada com seus barcos é o brinde na hora de tomar o sorvete

Ou você toma o sorvete ali mesmo ou segue em direção à Ponta de Humaitá, que é pertinho (vá de carro) para apreciar a bela vista da Baía de Todos os Santos e o perfil de Salvador ao longe. Depois, é só subir para o Bonfim (vá de carro) e ver a mais famosa igreja da Bahia.

www.salvadoremumdia.blogspot.com
Igreja de Nossa Senhora do Monte Serrat e o Farol de 1926


www.salvadoremumdia.blogspot.com
Farol de Humaitá: pegue o seu sorvete e vá pra lá curtir um pôr do sol...
www.salvadoremumdia.blogspot.com
...e  a ista de Salvador a partir da Ponta de Humaitá ou, então...
www.salvadoremumdia.blogspot.com
... termine o passeio na Igreja do Bonfim
Recomendo: o sorvete de coco, sabor bem típico da Sorveteria da Ribeira e que vai deixar saudade da Bahia em seu paladar. O da foto que abre o post (volte lá pra cima) é o de amendoim: também delicioso. São mais de 60 sabores, garante a Casa. O preço da bola é R$ 7 bem servidos, e você escolhe se quer no copinho ou na casquinha.

Funcionamento: todos os dias, das 9 às 22h
Onde fica: Praça general Osório, 87, Ribeira, Cidade Baixa, Salvador-BA
Como chegar: clique aqui e saiba os melhores caminhos até lá

Amanhã eu conto mais sobre os demais sorvetes tradicionais de Salvador.

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Adeus ano velho: feliz ano novo!


Igreja do Bonfim 2015 (Fotos: Silvianasci/salvadoremumdia)
(por Silvia Maria Nascimento, jornalista e blogueira de turismo)

Último dia de 2015, ainda estamos aqui e amanhã, 1º de janeiro de 2016, completaremos quatro anos blogando sobre Salvador da Bahia! Quando começamos, lá atrás, em 1º de janeiro de 2012, a meta era um post por dia, e um dia de cada vez, falando alguma coisa sobre a capital baiana. Afinal, é uma das cidades mais cobiçadas por turistas, a primeira capital do Brasil, dona de um Centro Histórico de mais de 300 anos, um litoral de 55 km de praias, sol e calor (não o ano inteiro, mas na grande maioria dos dias de um ano inteiro), cheia de referências históricas, culturais e artísticas.

Primeira foto de capa do blog: Porto da Barra no início do inverno de 2007

Claro que superei a expectativa, escrevi demais, escrevi de menos, ultrapassei em muito os 365 posts que esperava fazer. Andei mais pelo Centro Histórico e redescobri a minha cidade. Voltei a fazer o que mais sei: ser repórter.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Salvador vai bem em cultura mas precisa rever outras áreas

Centro Histórico de Salvador (Foto: silvianasci/salvadoremumdia)

O presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro, um dos responsáveis pela politica cultural da Prefeitura de Salvador, deve estar rindo a toa. Do ponto de vista de promoção cultural, Salvador está bem na fita. A capital baiana ficou em primeiro lugar na temática "aspectos culturais" do Índice de Competitividade do Turismo Nacional atualizado nesta quarta-feira, 9, pelo Ministério do Turismo, mantendo a posição conquistada no ano anterior.

No entanto, nem chegou às dez primeiras colocações nas demais categorias pesquisadas (infraestrutura, marketing e promoção do destino, políticas públicas, cooperação regional, monitoramento, economia local, capacidade empresarial, aspectos sociais e aspectos ambientais). O estudo foi realizado através de uma parceria do MTur, Sebrae Nacional e Fundação Getúlio Vargas.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Setur divulga calendário de festas populares para o ano de 2016



Essa é pra você se programar. A Secretaria de Turismo da Bahia (Setur) divulgou todo o calendário de festas populares de 2016. São cerca de 50 datas comemorativas "de cunho religioso, cultural e social que levam o povo às ruas e movimentam anualmente a capital, Região Metropolitana e Recôncavo", informa. O apoio oficial aos festejos é feito através da Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa).

Segundo dados da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), a Bahia deve receber 4,9 milhões de turistas no Verão 2015-2016. A estimativa é 5% maior que o fluxo registrado na temporada anterior. A movimentação tem seu ponto alto no Verão, mas segue no meses seguintes acompanhando as manifestações populares. (Fonte e foto: Setur)

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Conceição da Praia dá continuidade ao ciclo de festas populares

Igreja e imagem de Nossa Senhora da Conceição da Praia (Carla Ornelas/Setur)

Quem é de fora até se espanta, mas o Nosso Senhor do Bonfim não é o padroeiro da Bahia, tampouco de Salvador, embora esteja incondicionalmente no coração dos baianos. O título de protetora do estado cabe a Nossa Senhora da Conceição da Praia, que vai ser festejada nesta terça-feira, 8, em Salvador. Sua imagem foi trazida por Tomé de Souza, na principal nau - "Conceição" - da esquadra que veio de Portugal para fundar a capital da colônia, no século XVI.

As homenagens começam na Basílica Santuário Nossa Senhora da Conceição da Praia, no bairro do Comércio, mas o ponto alto é a procissão que percorre as ruas do Comércio, seguindo da igreja até a Praça Conde dos Arcos e retornando pela Avenida da França, levando a imagem histórica de Nossa Senhora da Conceição. Em paralelo, os adeptos do Candomblé vestem-se de amarelo e homenageiam o orixá Oxum (orixá das águas doces, que representa a beleza), com quem a santa católica é "paralelizada" nas religiões de matriz africana.


Nas imediações do Mercado Modelo, barracas de comidas típicas e bebidas e música dão o tom da parte profana da festa. O ciclo de festas populares foi aberto no dia 4 de dezembro com a festa e procissão de Santa Bárbara, no Pelourinho. Até o Carnaval, a programação do ciclo de Salvador ainda vai ter as festas do Bonfim, Ribeira, Rio Vermelho (Iemanjá) e Itapuã.


Santa Bárbara foi a primeira festa do ciclo de Salvador (Tatiana Azeviche/Setur)

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Atenção turista: em dezembro táxi só roda com bandeira 2

Táxis na Igreja do Bonfim (Fotos: Silvianasci/Salvadoremumdia)


Para quem vai visitar a capital baiana durante o mês de dezembro, uma informação é importante para evitar mal-entendido: durante todo o mês de dezembro, os táxis de Salvador são autorizados, por decreto municipal, a rodar com a Bandeira 2 em todos os dias e horários.

A medida é adotada desde o ano de 2006 e tem o objetivo de proporcionar aos taxistas soteropolitanos uma renda extra que equivaleria ao 13º salário da categoria.

No início, a concessão aos taxistas causou polêmica, com o argumento de que outras categorias de trabalhadores autônomos não tinham direito ao benefício do 13º salário. Porém, acabou assimilada pelos moradores de Salvador.

Continue lendo para saber os valores que serão pagos pelos passageiros durante o mês de dezembro.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Muito prazer, me chamo Diaurum e moro no zoo de Salvador

A oncinha macho foi batizada através do voto popular (Foto: Ascom/Inema)

Há quem não goste ou aprove, mas um passeio ao jardim zoológico é um ótimo exercício para adultos e crianças aprenderem a amar e respeitar a natureza, além de ser um excelente programa para curtir em família. Salvador possui um dos zoos mais antigos do país - começou a ser formado no século XIX - e está com novidade neste fim de semana.

Diaurum, nome de origem indígena que significa onça preta e poderosa, é como será chamado, a partir de hoje, o mais novo morador do Jardim Zoológico de Salvador. Ele nasceu no dia 15 de agosto e é o primeiro exemplar macho da espécie nascido no parque soteropolitano nos últimos dez anos. Ele já pode ser visitado.

O nome foi escolhido por voto direto, com a participação de seis mil "eleitores", através do site do zoo. O vencedor recebeu 41% dos votos, contra Zumbi dos Palmares em segundo com 37% e Osório, em terceiro, com 20%. Até agora ninguém explicou porque o nome Osório estava entre os concorrentes.