segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Salvador na rota dos 70 anos de Bob Marley com Natiruts

Jlian Marley (Divulgação)

O reggae brasileiro terá um dia especial em Salvador em janeiro: no dia 8, o Natiruts grava o quarto DVD de carreira, no Wet' Wild, com a presença da banda The Wailers e de Julian Marley, filho de Bob Marley. O show da turnê The Wailers Band Reunion and Julian Marley coloca Salvador na rota dos grandes artistas mundiais e junta o herdeiro do Marley mais famoso a Aston Barrett, baixista original da banda criada por Marley. A turnê é parte das homenagens dos 70 anos do nascimento de Bob Marley.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Museu mais antigo da Bahia abre exposição comemorativa

Quadros, porcelanas e cristais integram acervo (Fotos: MAB?divulgação)

O “24 anos na história do Museu de Arte da Bahia” estão sendo apresentados ao público em uma exposição que vai até março de 2015. Entre as obras, há gravuras de Debret, quadros de Rescala e mapas antigos de Lisboa e de Salvador.

A exposição apresenta obras de arte a mapas, painéis de azulejo, peças de vestuário feminino e porcelanas, entre outros.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Zoo de Salvador abre para passeio noturno desde 2013

Os passeios são monitorados pela equipe de educação ambiental

Atração do Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, localizado no bairro de Ondina, em Salvador, o projeto Zoo Noturno, criado em 2013, continua recebendo a visita dos curiosos em conhecer os costumes dos animais no período da noite. De acordo com a direção do parque, este ano, 421 visitantes já fizeram o passeio, que é gratuito.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Daniela Mercury cantará na estreia do Auto de Natal no Dique

Dique do Tororó, com a decoração de luzes, será pano de fundo do auto de Natal

Um espetáculo teatral contando a vida de Jesus, cuja estreia terá a presença da cantora Daniela Mercury, e a exposição de um presépio gigante são as principais atrações do Natal em Salvador. Quem for ao Dique do Tororó nesta sexta-feira, 12, já poderá ver o presépio. Além disso, diversos pontos da cidade já contam com decoração especial de luzes coloridas.

A estreia do auto de Natal acontecerá no dia 19, às 20h, também na região do Dique. No final da peça haverá queima de fogos de artifício. O presépio gigante poderá ser visitado até o dia 6 de janeiro, Dia de Reis. No dia 25 de dezembro, Dom Murilo celebra missa às 16 horas, também no Dique do Tororó. 

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Casa do Benin reabre com exposição de artistas baianos

Artistas do Pelourinho são os primeiros a expor trabalhos na Casa do Benin


Reinaugurada na última quinta-feira, 3, a Casa do Benin já pode ser visitada pelo público de Salvador e como uma de suas primeiras atividades, após a restauração, o equipamento cultural apresenta a exposição “A Casa do Benin no Olhar do Artista do Pelourinho”, sob a curadoria do morador e artista Frank Bahia e que reúne diversas obras de moradores e artistas radicados no Centro Histórico.

A mostra - que pode ser conferida até o dia 3 de fevereiro do próximo ano e, de forma bastante justa privilegia os artistas radicados no famoso bairro - inaugura um espaço para exposições temporárias na sala batizada com o nome da arquiteta (e autora do projeto da Casa do Benin) Lina Bo Bardi.

Por sinal, para quem quiser conhecer mais sobre ela, no dia 19 será inaugurada a “Expo BA/58-64” - uma série de maquetes das construções realizadas pela arquiteta ítalo-brasileira Lina Bo Bardi em Salvador.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

Olodum escolhe canção-tema em festival no Pelourinho

Banda Olodum é atração principal do ensaio de domingo no Largo Pedro Archanjo

O ensaio do Olodum neste domingo, 14, no Pelourinho, será especial: o mais famoso bloco afro de Salvador vai escolher a música que animará a agremiação no carnaval 2015. O Festival de Músicas e Artes Olodum (FEMADUM) 2015 tem como finalistas as composições “Lalibela Olodum”, de Alisson Lima e Angelo Lima, “O Timkat da Etiopia”, de Adailton Poesia, e “Começo da História”, de Diggo de Deus.

Forum do Carnaval de Salvador terá presença de Carlinhos Brown

Carlinhos Brown no Carnaval 2014 (Foto: Agecom)


O cantor e compositor Carlinhos Brown é um dos convidados das mesas de debate do 3º Forum do Carnaval de Salvador, que acontece nesta quarta-feira, 10, no Centro de Convenções (bairro de Armação). Entidades relacionadas à maior festa popular da Bahia vão discutir temas como direito de arena, economia criativa, projeção do turismo e parcerias entre instituições públicas e privadas.

Após as discussões, deve ser extraído um documento a ser divulgado para que os poderes público, estadual e municipal, iniciativa privada e os segmentos carnavalescos possam efetivamente tomar uma providência e ampliar a qualidade do carnaval de Salvador, informa o presidente do Conselho Municipal do Carnaval (Comcar) Pedro Costa.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Comércio é arrumado para Réveillon comandado por Ivete

Monumento ao Povo da Bahia e Mercado Modelo, na Cidade Baixa
Ainda não havia escrito sobre o tema, mas ao receber a informação da faxina que a Prefeitura está fazendo para a festa acho que é hora de apresentar o Réveillon de Salvador.

A chegada do Ano de 2015 será celebrada na capital baiana com uma programação que vai durar oito dias. A festa principal, como no ano anterior, acontecerá na Praça Cairu, no bairro do Comércio, entre o Mercado Modelo e o Elevador Lacerda.

A contagem regressiva da virada do ano será comandada pela cantora Ivete Sangalo, seguida de um show de fogos de artifício. A queima de fogos acontecerá simultaneamente em outros dez bairros, incluindo a Barra, além do Comércio.

Salvador ganhará nova secretaria de cultura e turismo

Palácio Thomé de Souza, sede da Prefeitura Municipal de Salvador

A medida faz parte da nova estrutura organizacional da administração municipal anunciada pelo prefeito ACM Neto, que tem como objetivo cortar 10% dos custos com empresas terceirizadas, gerando, segundo ele, uma economia de cerca de R$ 30 milhões por ano à Prefeitura. O projeto da reforma administrativa já foi encaminhado à Câmara de Vereadores.

A reforma prevê que a atual secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura muda para Secretaria de Desenvolvimento, Trabalho e Emprego e é criada a Secretaria de Cultura e Turismo. Embora a meta seja a economia, a administração municipal passará de 12 para 15 secretarias, de seis para sete autarquias e de três para quatro empresas. Apenas as fundações ficarão com o mesmo número, três.

O secretário Bellintani com o músico Luis Caldas no Carnaval de 2014


Sobre o nome do próximo secretário de Cultura e Turismo, o prefeito disse que só anunciará, assim como os demais novos secretários, após a aprovação do projeto pelo legislativo municipal. Por enquanto, somente o novo secretário da Fazenda municipal, o ex-governador Paulo Souto, foi anunciado e o Turismo de Salvador continua nas mãos do secretário Guilherme Bellintani, que vem realizando, por sinal, um excelente trabalho na área. (Com informações da Agecom. Foto: Silvianasci/asalvadoremumdia)

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Praça da Sé depois dos bondes e dos ônibus

(Fotos: Silvia Maria Nascimento/Salvadoremumdia)

Uma das quatro principais praças do Centro Histórico de Salvador (junto com a Municipal, o Terreiro de Jesus e o Largo do Pelourinho), a Praça da Sé é o tema do post de hoje. Ela resistiu ao tempo, aos galpões dos bondes, ao uso prolongado como terminal de ônibus urbanos. Também resistiram alguns dos seus monumentos e casarões históricos, embora o principal deles, de 1556, tenha sido demolido.

Beijus e tapiocas, quebra-queixo, acarajés são algumas das iguarias típicas que podem ser saboreadas em um passeio pela Praça da Sé, a meio caminho do Pelourinho depois de passar pela Praça Municipal (onde geralmente desembarcam os turistas de seus confortáveis ônibus, vans e carros) e pela Rua da Misericórdia).

Com a proximidade do Verão é conveniente um chapéu e não esquecer de passar o filtro solar antes de sair andando pela capital baiana.

Meados do século XX, a arborizada Sé já servia como terminal de ônibus


A praça surgiu no espaço que foi aberto após a derrubada, em 1933, da Sé Primacial do Brasil, templo mandado erigir pelo fundador de Salvador e o primeiro governador do Brasil Tomé de Souza, em 1556 e que apesar do valor histórico acabou cedendo lugar aos galpões dos bondes da Companhia Circular.

Hoje, para lembrar a antiga igreja, foi instalada próximo ao local onde ela existira a Cruz Caída, escultura de autoria do escultor Mário Cravo Jr. Muito tempo usada como terminal de ônibus urbano, após o fim dos bondes a praça hoje finalmente é dos moradores e visitantes da cidade.

Apesar de popularmente conhecida como Praça da Sé, o espaço público foi rebatizado com a denominação de "24 de Agosto", data da morte do Presidente Getúlio Vargas. Mas pode perguntar a qualquer um em Salvador, que a pessoa vai sempre chamá-la de Praça da Sé.

A cajazeira antiga está aí desde o tempo da antiga Igreja da Sé, demolida em 1933

O Memorial das Baianas é uma das primeiras paradas no passeio à Sé. Logo à entrada está a Cajazeira antiga onde o visitante pode ser uma foto dela da época da Igreja Primacial. Neste mesmo espaço, há um sítio arqueológico com as ruínas do templo.

O sorveteiro Vanildo e turistas na escadaria em direção à Cruz Caída

Quando você chegar perto da cajazeira já encontrará a postos o sorveteiro Vanildo. Mesmo que você não note a árvore histórica, ele vai te apontar, falar sobre a igreja da Sé e o cajá para, depois, lhe oferecer, à venda, é claro, o delicioso sorvete da fruta, como um bom "marqueteiro" do turismo de Salvador.

Cruz Caída e ao fundo (não é a turista, nem a baiana) veja o Palácio Arquiepiscopal

Banco e sombra de árvores que o turista disputa com quem vive na praça

Após apreciar a vista da Cidade Baixa no Belvedere onde fica o monumento da Cruz Caída, de volta à praça há dois outros monumentos: busto do primeiro Bispo Dom Pero Fernandes Sardinha, que ao deixar o Brasil sofreu um naufrágio, foi capturado e devorado por uma tribo indígena, e a estátua em homenagem a Zumbi dos Palmares, que pode ser vista ao fundo da foto acima.

Aos pés do busto de D. Pero Sardinha, dê uma olhada no alto relevo da antiga Sé
Durante o passeio, ao lado direito de quem segue para o Terreiro de Jesus, encontrei um hotelzinho bastante charmoso, instalado em dois dos casarões antigos da praça, um dos quais restaurado após passar anos em ruínas. De propriedade do belga Michel e da baiana Neci, o Bahiacafé tem um ambiente aconchegante e, claro, curiosa, pedi pra entrar e conhecer.

O azul do casarão 22 chama a atenção para o charmoso hotel
Nadine, a recepcionista, bastante simpática, permite a entrada e vai mostrando os ambientes. O proprietário deixou algumas paredes com os tijolos antigos aparente e na reforma conseguiu montar 25 quartos (com diárias, na baixa estação, a partir de R$ 149, com café da manhã).

As três janelas superiores, vistas na foto, são do salão onde os hóspedes tomam o café da manhã. Delas, têm-se a vista total da Praça da Sé, com o Palácio Arquiepiscopal logo à frente.

Palácio Arquiepiscopal
Apesar de estar bastante deteriorado, o palácio onde no passado residiram os arcebispos de Salvador já está em processo de recuperação. Ao lado dele, vê-se o Cine Excélsior.

Sala de estar com vista para a história de Salvador
Suíte superior do Bahiacafé Hotel 
Gosto, quando possível, de entrar nos casarões do Centro Histórico para ver como é o aproveitamento de espaço por dentro e, também, para sentir um pouco do clima das moradias antigas de Salvador. Mas tenho que seguir com a caminhada porque ainda quero ver como ficou o Plano Inclinado Gonçalves, um dos ascensores da cidade, que foi recém aberto após alguns anos parados.


Antes de chegar lá, uma boa notícia: a fonte da Praça da Sé está funcionando. Os jorros de água vão fazendo movimentos ao som da música que sai das caixas de som. Claro que o som no dia do meu passeio tinha que ser clássicos da MPB. E claro que todo visitante dá uma paradinha para a foto na fonte.

Estátua viva: uma moedinha faz com que se movimente
Finalmente, chego aonde quero: o Plano Inclinado Gonçalves. Todo trabalhado no azul, um bonde já está à espera. Como no Elevador Lacerda, o preço de cada viagem é R$ 0,15. O ascensor é interessante porque é aberto. Durante o trajeto pode-se ver a vista de parte da Baía de Todos os Santos e dos prédios antigos do bairro do Comércio. Fui até lá, mas aí é outra história e outro passeio, que vou contar em outro post.

Parte alta do Plano Inclinado Gonçalves

Serviço



Como chegar: de ônibus (R$2,80 a tarifa), táxi ou carro, chega-se à Praça da Sé pela Avenida Sete, passando pela Praça Castro Alves, Rua Chile, Praça Municipal e Rua da Misericórdia. O ônibus deixa os passageiros no terminal da Rua Chile-Ajuda. Quem estiver no Comércio, basta subir o Plano Inclinado Gonçalves (R$ 0,15). É possível passar de carro pela praça mas o ideal é sair caminhando.

Onde ficar: Bahiacafé Hotel (telefone 55 71 3322-1266). Diárias, na baixa estação, de R$ 149 e R$ 249 (superior), com café da manhã.

Onde comer: há restaurantes, lanchonetes, barracas de beiju e tapioca e tabuleiro do acarajé, que na Sé tem preço a partir de R$ 4.